Com início em 2008, no âmbito da Iniciativa Bairros Críticos que decorreu na freguesia do Vale da Amoreira até 2012, a REBM procurou superar os obstáculos relativos à empregabilidade existentes nesta freguesia ligados à Formação Profissional, ao Sistema Educativo e de Ensino e ao mercado de trabalho e emprego.

A partir de 2010, a REBM alargou progressivamente os seus territórios de ação às restantes freguesias da Moita e também ao concelho do Barreiro.

A REBM é o resultado da concretização de uma estratégia integrada de inclusão social ativa, fortalecedora das estruturas locais de apoio à formação, ao emprego e ao desenvolvimento local, reforçando as competências das pessoas e organizações dos territórios dos concelhos do Barreiro e Moita.

Image Description

O modelo de governação da REBM assenta numa gestão coletivamente partilhada e inclusiva, baseada em dinâmicas participativas de forma a garantir a complementaridade constante das ações dos parceiros. A REBM conta com uma rede de front-offices/gabinetes de primeira linha presentes nas diversas freguesias dos concelhos (Barreiro e Moita) que facilitam o acesso de interessados/as aos programas e ações disponíveis.

Esta intervenção tem por base cerca de 40 entidades locais e setoriais, das quais se salienta as autarquias locais, associações empresariais, Escolas Profissionais, Agrupamentos de Escolas, Diversas ONGs e o Ensino Superior.

Image Description

Image Description