Intervenção Bairros Críticos
A RUMO participa desde 2006 na Iniciativa Bairros Críticos.

Esta Iniciativa Interministerial assenta nos seguintes considerandos:

  1. O papel decisivo das cidades no desenvolvimento das sociedades contemporâneas, assim como a diversidade dos problemas e desafios que lhes estão associados.
  2. A complexidade  das intervenções em áreas urbanas críticas, mas também a sua urgência visando atingir níveis de cidadania e de coesão social próprios de uma sociedade desenvolvida.
  3. A necessidade de responder aos problemas existentes numa ótica de criação de novas oportunidades.
  4. A importância da cooperação inter-institucional, da articulação de instrumentos de política e da participação dos cidadãos, tendo em conta a complexidade e interdependência dos problemas e oportunidades que se colocam às áreas urbanas críticas.
  5. A criação, pelo XVII Governo Constitucional, da Iniciativa “Operações de Qualificação e Reinserção Urbana de Bairros Críticos”, por via da Resolução do Conselho de Ministros n.º 143/2005, de 7 de Setembro, envolvendo sete ministérios, autarquias e parceiros locais.
  6. A realização experimental desta Iniciativa em três bairros-piloto, um dos quais o Vale da Amoreira, no concelho da Moita.

A RUMO está no território do Vale da Amoreira, no contexto de uma parceria alargada.

A RUMO também colaborou / colabora com os parceiros da Cova da Moura e Lagarteiro, os outros territórios abrangidos por esta Iniciativa.