Ontem, dia 29 de Novembro, decorreu no Auditório Municipal Augusto Cabrita no Barreiro, a assinatura do primeiro protocolo da nova geração de protocolos de cooperação para a territorialização da rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica entre o Governo e os municípios do Barreiro e Moita.

A cerimónia contou com a presença da Secretária de Estado da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, da Secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, do Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, do Presidente da Câmara da Moita, Rui Garcia, e de um conjunto alargado de representantes das entidades outorgantes – 10 entidades da Administração Pública das áreas da Educação, Igualdade, Justiça, Saúde, Segurança Interna e Segurança Social, bem como as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens do Barreiro e Moita, o Instituto Politécnico de Setúbal, a Procuradoria-Geral da República da Comarca de Lisboa e a Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal.

Esta assinatura reiterou a ideia/máxima de que a prevenção e combate à violência doméstica é fundamental o compromisso com a eficácia das estruturas de atendimento próximas das pessoas e integradas na rede nacional de apoio às vítimas.

Com esta nova resposta, 10 dos 13 concelhos do distrito de Setúbal passam a contar com um gabinete de atendimento e apoio às vítimas de violência doméstica, voltando o Barreiro e a Moita a integrar uma rede de respostas fundamental e imprescindível nestes territórios.